Publicado em

Cientistas garantem: eles fazem bem à saúde

Pesquisas indicam que animais de estimação oferecem suporte social significativo para os donos e melhoram suas vidas.

Tempos atrás a comunidade científica declarou que os pets ajudam pessoas a enfrentar sérios desafios de saúde. Agora ela conclui que pessoas comuns também podem se beneficiar da convivência com animais.

A conclusão resulta de uma pesquisa em que grupos de pessoas que possuem e não possuem animais de estimação foram analisados separadamente e depois comparados. Donos de diferentes tipos de pets (cães, gatos, cavalos, lagartos, peixes, cabra …) foram identificados como mais felizes e saudáveis. Sentem-se mais apoiados, mais positivos e menos solitários, mesmo tendo apoio de amigos e familiares, não apenas de seus animais.

Nenhum tipo específico de animal foi associado aos efeitos benéficos. Também não se concluiu que alguns animais sejam mais benéficos do que outros.

Os cientistas apostam na qualidade do vínculo emocional dos donos com os animais como responsável por esse efeito.

A convivência com os animais pode, segundo eles, não representar bem-estar psíquico algum para indivíduos menos afetivos ou com distúrbios psicológicos.

Cuidar de animais implica ainda responsabilidade e envolvimento consideráveis, fatores que interferem nos efeitos da relação. O dono precisa dispor de tempo, dinheiro, e estabelecer contato físico. Quanto menor a conexão com o animal de estimação, menor a chance de conseqüências positivas. Pensando bem, não é muito diferente do que acontece nas relações humanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *