Publicado em

A história do cão que não dormia. Ela vai tocar seu coração.

Uma família chinesa adotou um golden retriever que havia sido abandonado num abrigo. Imediatamente todos se pegaram aele. O cão era obediente, brincalhão e dócil, um grande companheiro. Seria um cão como tantos outros, exceto por um curioso hábito: ele nunca dormia antes do dono. E mais estranho ainda: ele ficava na porta do quarto do dono todas as noites, debruçado sobre a cerca que impedia sua entrada, até que o dono adormecesse.

É comum um animal adotado ter problemas de adaptação ao novo lar. Mas ele, de modo geral, demonstrava estar bem adaptado e somente aquele comportamento causava estranheza.

O dono resolveu levá-lo ao veterinário para exames. Saiu de lá com a boa notícia de que o animal estava perfeitamente saudável, mas permaneceu intrigado com a visão constante do cão insone e vigilante, apoiado sobre a cerca do quarto noite após noite.

Inconformado, decidiu voltar ao abrigo à procura de informações. Contou aos funcionários sobre o estranho comportamento noturno do cão e ouviu deles uma história que o levou às lágrimas.

No dia em que foi deixado no abrigo pelos antigos donos, o cão estava dormindo. Eles eram um casal e desistiram do cão porque que souberam que teriam um bebê. Esperaram que o cão adormecesse para abandoná-lo. Tendo acordado num lugar estranho e sem encontrar mais os donos, o cão provavelmente ficou traumatizado.

A vigília constante na porta do quarto passou a fazer sentido. O cão tinha de medo de dormir antes do dono e ser abandonado novamente.

Após saber dessa história, o dono foi para casa disposto a remover a cerca da porta do quarto. Decidiu permitir que seu cão dormisse sempre ao lado dele, para que aos poucos vencesse o medo de ser abandonado outra vez.

Essa era uma história triste que ganhou um final feliz. Quem não gosta de histórias assim? Compartilhe com seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *